Amor

Decoração Montessoriana

 

Estou muito feliz em estrear a coluna Ideias de Arquiteta nesse site tão bacana, onde todas as informações são de profissionais de diversas áreas.

Para estrear, vou começar abordando um assunto que causa dúvidas em muitas mães: qual é o melhor método a ser aplicado na decoração para ajudar no desenvolvimento da criança?

A resposta não é objetiva. Isso vai depender do estilo de vida que cada família leva e qual ideal propõe à criança neste momento de sua vida. Sabemos que na medida que elas vão crescendo, mudamos muito nossa forma de pensar por adquirirmos novas experiência com aquela pessoinha que entra na nossa vida. Mas creio que pela praticidade e baixo custo, a decoração Montessoriana vem bombando nas redes sociais.

Para quem não conhece, o Método Montessoriano foi criado pela primeira mulher a se formar em medicina na Itália, também pedagoga, Maria Montessori por volta de 1907. O método dá ênfase na autonomia e liberdade, respeitando o desenvolvimento natural do indivíduo, suas habilidades físicas, sociais e psicológicas. Diferentemente dos métodos tradicionais, a educação será desenvolvida com base na evolução da própria criança. Ela é o centro do método e nada será imposto, apenas guiado para suas descobertas.

Então, o que fizeram? Pegaram o método que vem dando certo há mais de um século e começaram a adaptar na decoração. Afinal, não tinha porque segui-lo nas escolas e descontinua-lo em casa.  Adaptar foi mais simples do que parecia. O método propõe, na decoração, um ambiente de aprendizado mais criativo com acesso da própria criança e suas descobertas.

Quanto aos princípios fundamentais podemos ressaltar: atividade, individualidade e liberdade de expressão. O ambiente criado deve ser focado no desenvolvimento da criança, dando a ela capacidade de descobrir o novo sozinha, no seu tempo e por meio de suas experiências. Dessa forma, teremos um crescimento mais espontâneo, criativo e saudável. O quarto montessoriano é decorado para criança e não para um adulto.

Para fazer esse tipo de decoração, a primeira dica é que tudo deve estar ao alcance da criança, como aliás deve igualmente ser para os idosos também assim como para pessoas com necessidades especiais, onde autonomia seja sinônimo de integridade.

Começando pela cama, podemos utilizar apenas um colchão com uma capa bacana e colorida, ou até em jeans que dá um ar despojado. Não há necessidades de grandes berços americanos ou camas com proteção e cama box altas onde se tem mais uma barreira para criança do que algo divertido. Sem bloqueios. Se achar que precisa de uma base, prefira tatames emborrachados ou os tradicionais japoneses, ou até mesmo uma base feita em madeira, como se fosse um caixote para apoiar o colchão e não ficar diretamente no chão. Mas não se esqueça, se o piso do quarto não for de madeira, emborrachado ou flutuante, pense em algo que aqueça um pouco mais, como tapetes emborrachados e macios para que a criança fique livre para circular sem preocupação e, é claro, de fácil limpeza.

Esses detalhes não minimizam a decoração do quarto, muito pelo contrário, a tornam criativa, colorida e divertida!

O espelho é um ponto importante no quarto, para que a criança se veja e entenda como ela é. para que reconheça seu corpo e possa se reconhecer em outras crianças. Ela será a própria referência. O espelho deve ser colocado na altura que ela se veja inteira, mas  não precisa ir até o chão

Outros detalhes muito importantes nesse tipo de decoração são as texturas, cores e tecidos. Isso tudo desperta a curiosidade da criança. Tudo deve ter seu lugar próprio, pois fica fácil aprender que tudo deve ser guardado de volta depois das brincadeiras. 

Com o passar do tempo, você pode ir mudando as coisas de lugar para gerar novas descobertas. É claro que quanto mais crescidinho, mais tempo as coisas duram no mesmo lugar. Ou até eles mesmos vão mudando e alterando o curso das coisas.

Lembre-se: a casa não deve ser organizada para chegada da criança, e sim estruturada a partir de sua criação para que a criança sinta que a casa é dela. Assim ela não sairá destruindo tudo pela frente e vai cuidar com carinho do local que considera seu porto seguro.

Até a próxima!

Victória Rossetti é arquiteta, mãe do Bernardo e dona da FormatHome.

Para entrar em contato:

[email protected]

ico2

formathomearq

 

 

ico1

@formathome

 

image7


Fonte:

www.remodelaholic.com

www.flowerssori.it

www.paisefilhos.com.br

www.pinterest.com.br

Cadastre-se e receba nosso conteúdo por e-mail

Talvez você também goste de:

Deixe seu comentário

Uma resposta “Decoração Montessoriana

  1. Ana carla disse:

    Adorei a matéria parabens Vick você e demais.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *